Uma paixão chamada: Bordeaux!!!

Oi gente!!! Estive bem sumida daqui, mas foi por uma boa causa: me dediquei à um período de estudos em Bordeaux e a linda cidade realmente conquistou meu coração!

Bordeaux é a capital da região Nova Aquitânia, localizada no sudoeste da França.  Durante muito tempo foi conhecida pelos franceses como “La Belle Au Bois Dormant” (“A Bela Adormecida”), com seus armazéns abandonados.  Mas a cidade foi completamente revitalizada, seus belos edifícios restaurados e recebeu modernos trams que fazem um contraste único com a arquitetura do centro histórico, prédios medievais e construções da época do Rei Luís XV. Em 2007 o centro foi tombado pela UNESCO e é o maior patrimônio urbano do mundo.

IMG_7540

 

Bordeaux é considerada uma “Petit Paris”, e embora sua arquitetura lembre realmente a “Cidade Luz”, Bordeaux tem belezas muito particulares e o charme de ser uma pequena cidade, com aproximadamente 250.000 habitantes.

O centro histórico permite que você faça tudo a pé, enquanto observa as charmosas lojas e cafeterias.  Para os amantes da bicicleta, existe um sistema de compartilhamento público de bicicletas que é maravilhoso! Você pode retirar a bicicleta e devolver em outro ponto da cidade, com o benefício da gratuidade por até 30 minutos.

IMG_8001

 

A cidade é  bastante famosa pelos seus vinhos. Em um final de semana visitei Saint-Émilion. Andar pelos vinhedos, visitar os châteaux, além de degustar a culinária maravilhosa da região é uma excelente opção de passeio, a menos de 1 hora do centro de Bordeaux. Você pode alugar bicicletas no Centro de Turismo de Saint-Émilion e fazer um tour diferente! Outra atração imperdível é a visita guiada à Igreja Monolítica e sua parte subterrânea. Uma verdadeira aula de história e um mergulho na cultura local.

IMG_7759

IMG_7798

IMG_7781

IMG_7761

 

Bordeaux tem muitos encantos. Cada pedacinho da cidade transborda  charme. Vou falar sobre alguns lugares que amei e considero imperdíveis. Mas eu vou começar pela gastronomia, porque sou apaixonada pela culinária francesa e principalmente pelos hábitos alimentares saudáveis que eles têm.

Uma coisa que me chamou muita atenção foram as propagandas na televisão de produtos industrializados. Todas elas têm uma mensagem na tela alertando a população sobre os riscos de uma alimentação não saudável. Eu amei isso! Imagina aí, uma propaganda de um salgadinho de pacote com um aviso: “Para sua saúde, evite beliscar entre as refeições”. Ou: “Para sua saúde, evite comer muito sal, muito açúcar, muita gordura…” Fantástico!

Voltando para a culinária, Bordeaux tem alguns pratos típicos como o Magret de Canard, Confit de Canard, o foie gras… Mas tem um docinho, bem regional, e que é a cara de Bordeaux: o Canelé. É uma sobremesa típica, tipo um bolinho de baunilha embebido em rum com uma casca caramelizada. É delicioso!!! Ele é vendido em toda a cidade, tanto em supermercados, boulangeries, como em lojas específicas como a tradicional “Canelés Baillardran”, que só a vitrine já é um show!

Fiz um Cours de Cuisine e aprendi a preparar um prato com o Magret de Canard. Gostei tanto, que depois foi a minha escolha em um restaurante bem charmoso que conheci: Le Confidentiel.

O restaurante é perfeito: ambiente gradável, equipe simpática, comida maravilhosa e as sobremesas… sensacionais!!!

Sobre os pontos imperdíveis da cidade…

A Place de La Bourse e o Miroir d’eau certamente são um dos mais conhecidos cartões postais da cidade.

O Miroir d’eau é o maior espelho d’água do mundo. Além de lindo, ele faz a alegria das crianças (de todas as idades!!! Rsrsrs) que aproveitam para se refrescar no verão!

IMG_8181

 

De lá, podemos apreciar a beleza da Pont de Pierre, construída às ordens de Napoleão Bonaparte I.  A ponte cruza o Rio Garonne e liga o centro da cidade com o bairro de La Bastide, na margem direita.

IMG_7472

 

A margem do Rio Garonne agora é um enorme parque público, onde as pessoas amam caminhar, patinar, andar de bicicleta, praticar esportes, conversar com os amigos, e fazer piqueniques nos dias ensolarados do verão. Na altura do Chartrons, antigos armazéns agora viraram lojas, restaurantes e cafeterias – o Quai des Marques (Hangars 15 a 19) é um “shopping” ao ar livre, onde você pode encontrar boas griffes com preços bem reduzidos nos períodos de liquidação; ou apenas sentar em um dos cafés e apreciar a tranquilidade do rio e a Pont Jacques-Chaban-Delmas, uma ponte de elevação vertical sobre o Garonne, inaugurada em 2013, pelo presidente François Hollande e Alain Juppé, prefeito de Bordeaux.

IMG_7652

IMG_7666

 

E por falar em piquenique… Eu fiz um, com uns amigos do curso, no Jardin Public! Criado em 1746, é um espaço verde de 10,8 hectares situado em plena cidade. Perfeito para passar momentos inesquecíveis com os amigos e a família, abriga um Jardim Botânico, uma biblioteca e um Museu de História Natural, além de diversas atrações para as crianças, como parques com balanços e carrossel e teatro de marionetes. O lugar é realmente lindo!

IMG_8083

 

Outro lugar interessante é a grande Place des Quinconces. Lá está o Monument aux Girondins, que é um monumento em memória dos girondinos  – um grupo político da época da Revolução Francesa. O monumento é composto por uma coluna com uma escultura em bronze e duas grandes fontes embaixo.

IMG_7697

IMG_7701

Um pouco mais à frente, fica a Place de La Comédie, onde está o luxuoso Hotel Intercontinental e o Grand Théâtre: um espetáculo à parte! Inaugurado em 1780, foi projetado pelo arquiteto Victor Louis, que também foi responsável pelo Palais Royal e Comédie-Française, em Paris. O interior do edifício foi restaurado em 1991 e mantém as cores originais: azul e dourado. É uma das mais antigas estruturas teatrais em madeira da Europa que jamais foi queimada ou precisou de reconstrução. Constitui a atual sede da Ópera Nacional e do Balé Nacional de Bordeaux, que eu tive a alegria de assistir em uma terça-feira à noite.

Este slideshow necessita de JavaScript.

IMG_7496

 

A Place de la Comédie é muito agradável, cercada por restaurantes e é um lugar delicioso para o fim da noite. E você ainda pode ter a grata surpresa de assistir um ensaio de parkour no telhado do teatro!

IMG_7497

 

Outro lugar encantador é a Place du Palais, uma pracinha discreta escondida à sombra da Porte Cailhau. A famosa  Porte Cailhau, tem 35 metros de altura e era originalmente a entrada principal de Bordeaux ao chegar do porto. Depois de diversas mudanças e reformas, em 2009, a praça, com seus restaurantes e cafés, tornou-se exclusiva para pedestres.

IMG_7707

 

Bem perto do apart hotel que eu me hospedei, ficava a Porte Dijeaux  – era uma entrada a oeste da cidade de Bordeaux desde os tempos romanos. Foi classificada como monumento histórico em 1921, mas sua construção é de 1753.

IMG_7457

Ela dá acesso a uma rua que vai até a Place du Parlement. Essa rua é repleta de lojas, sorveterias, restaurantes.

Endereço da imponente Galeria Lafayette de Bordeaux, a Rue Porte Dijeaux também dá acesso ao Promenade Sainte-Catherine, que é um centro comercial à céu aberto bem simpático e descontraído, com  37 lojas e restaurantes. Localizado no coração da cidade e perto das movimentadas ruas de St. Catherine e Porte Dijeaux, o novo centro comercial projetado em 2 níveis, tem  uma praça central, um mini espelho d’água com fontes e nos dá a sensação de estarmos protegidos do tumulto exterior.

IMG_7503

IMG_7506

 

A Rue Sainte – Catherine é a principal rua comercial de Bordeaux e a maior rua de pedestres da Europa, com 1,25 km de comprimento. Lá você encontra várias lojas maravilhosas, como a Sephora e a FNAC (que é enorme!!!), mas sempre muito cheias…

Bordeaux é realmente apaixonante e com 30 min de carro se pode chegar ao Oceano Atlântico e subir a Dune du Pyla – maior duna de areia da Europa, além de aproveitar a paisagem das belas praias. Das cidades beira-mar, a maior é Arcachon, onde você encontra animação a noite toda.

Como animação a noite toda não é muito a “minha praia” e moro em uma  cidade que tem   dunas para todos os lados (e são lindíssimas), Arcachon não foi um passeio que eu elegi como prioridade, mas tendo um tempo maior, acredito que vale a pena. As paisagens realmente são muito bonitas.

O último lugar que conheci foi a Cité du Vin e é realmente incrível ! Seria injusto chamá-la apenas de museu. O local se descreve como um “equipamento cultural único onde o vinho se expressa através de uma abordagem envolvente e sensorial”. Seu objetivo é mostrar o vinho de forma diferente, através do mundo e das épocas e em todas as culturas e civilizações. Um espaço temático, didático e totalmente interativo. Imperdível!!!

IMG_8056

IMG_8123

IMG_8115

IMG_8112

 

Enfim… a França realmente é um país que me encanta. Sou apaixonada pelo idioma, gastronomia, cultura e a  praticidade da vida que eles têm. Se você estiver por lá, não deixe de conhecer Bordeaux! Tenho certeza de que vai gostar! 😉

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Elegância está no « Ser »

Todas nós conhecemos alguém elegante. Aquela pessoa que passa um ar de segurança, coragem diante da vida, sofisticação e, é claro, naturalidade! Porque a verdadeira elegância não é forçada, ela simplesmente existe.

Afirmo tranquilamente que elegância não tem nada a ver com a grife das roupas e acessórios. A elegância está no ser: Ser segura, ser feliz de verdade, educada, gentil e ter bom gosto (no que vestir, no que falar e no agir). A elegância me parece ser muito mais uma questão de atitude!

Existem mulheres extremamente elegantes em sua simplicidade! E uma coisa elas têm em comum: São reais – Conhecem a si mesmas e são extremamente confortáveis em suas vidas. Seja tendo uma vida agitadíssima no escritório ou outro local de trabalho; ou agitadíssima em suas próprias casas (que também é lugar de muito trabalho!).

O que eu quero dizer é que não importa qual seja a sua rotina, você pode decidir ter um estilo de vida mais elegante. A elegância está nos detalhes. Pode ser na maneira como você se apresenta, na organização da sua casa, nos seus relacionamentos, nos afazeres mais básicos do dia-a-dia…

Descobri que a maturidade nos traz uma certa elegância. Uma mulher madura é confiante em si mesma, confortável e aprende a valorizar as coisas mais simples, os detalhes.

A mulher madura aprecia cada momento do seu dia como sendo único, e o faz da melhor maneira possível. Ela está, de fato, presente em sua vida! Não se lamentando pelo ontem e nem ansiosa pelo amanhã, mas inteira no hoje, autorresponsável pelas suas escolhas e no controle das suas emoções. Quanta elegância!

E geralmente, esse estado de espírito tão pleno e consciente, reflete na sua imagem.

“O coração alegre aformoseia o rosto, mas pela dor do coração o espírito se abate.” (Provérbios 15:13)

Quando estamos bem na nossa essência, geramos um ambiente mais harmônico e nos preocupamos mais com o que está acontecendo ao nosso redor. Também sentimos mais prazer em estar em um ambiente organizado e belo.

Eu não consigo acreditar que mulheres essencialmente elegantes têm sua mesa do escritório suja e bagunçada e a casa um caos total! Ordem e harmonia caminham juntas com a elegância.

Ser elegante diante da vida não é nenhuma futilidade, é gratidão. Gratidão pela sua história, suas conquistas, sua família, trabalho, amigos. É dar valor ao que se tem, e usufruir da melhor forma. É usar a criatividade para criar o belo. É colocar charme na vida, amor no que é comum e leveza na rotina.

Para ter uma rotina mais leve e alegre, às vezes, precisamos rever alguns hábitos.

Nos próximos posts falaremos sobre algumas dicas simples e práticas para uma rotina mais charmosa… e por que não… mais elegante. 💐