Vida a Dois

Eu gosto de salada, ele prefere churrasco. Eu amo a cidade, ele a fazenda. Eu prefiro a praia, ele o campo… Simmm, somos muito diferentes! E isso é maravilhoso (de mim, já basta eu! kkkk)! O importante é aprender com as diferenças. É ser flexível para se permitir conhecer lugares, pessoas, sabores e culturas, que talvez não sejam a sua opção preferida. Mas não quer dizer que não sejam uma boa opção!

Viver (e conviver) pode ser mais fácil, mais simples e mais prazeroso se soubermos lidar com as diferenças. Pode ser um pouco desafiador, é verdade!  Mas não somos iguais! E não temos que ser! O que precisamos é de unidade: estar unidos em um mesmo propósito – construir uma família onde todos acrescentem uns ao outros. Acrescentar… e não “completar”, porque afinal, ninguém é metade, somos inteiros!

Processed with MOLDIV